RECADOS
Socorro Silva (01/11/2017 12:56)
Parabéns para essas meninas nota 10 Marina Silva Sabrina Nascimento Sabrina Cavalcanti
Nilson (10/09/2017 16:05)
boa tarde! Sou de Castanhal,Pará. Já andei por aí em 2008. nessa época me apaixonei por uma garota em santa luzia. pena que não deu certo,mas até hoje não a esqueci. manda um abraço pra galera do bar da caçula,onde muito frequentei. saí de santa luzia,mas santa luzia não saiu de mim. ELIWILDE, ainda pretendo te encontrar,meu amor. abraços a todos!!!!
Jailson (07/09/2017 15:52)
Manda um alô pra mim em Paragominas.... Jailson... tô ouvindo o programa... No Bairro NAGIBÃO...um alô pro Wilme
TROPICAL FM

Com um novo modelo de gestão educacional, a escola Carlindo Alves da Silva vem se Resgatando

Com um novo modelo de gestão educacional, a escola Carlindo Alves da Silva vem resgatando os tempos de gloria da mesma, que fora maculado pala gestão antecessora.

 

 

A escola vem ao longo dos últimos meses realizando um trabalho de resgate dos valores educacionais, éticos e morais daquela que no passado fora uma das maiores instituições de ensino deste município  e que nos últimos anos vinha sendo degradado tanto em seu aspecto físico como pedagógico.

Mas, hoje sob o comando dos Professores Aldenilson Brandão Monteiro e Maria Luzinete Oliveira através da SEMED, tem desenvolvido um belíssimo trabalho no intuído de resgatar os valores da referida instituição, que foram dizimados por uma gestão sem compromisso com a educação.

Hoje a escola de cara nova está passando por uma grande reforma , onde já pudemos ver no rosto dos alunos a satisfação em ter um espaço físico adequado e com conforto para que os mesmos obtenham um aprendizado significativo. Assim como também uma grande mudança no contexto pedagógico e disciplinar dos alunos. Fato estes confirmados pelos pais que dizem: Hoje eu tenho confiança no trabalho dos novos diretores do Carlindo Alves , porque eles estão presentes e fazendo o seu trabalho direito. ( Maria do Socorro ) Mãe de aluno.

“ Aqui nossos filhos são recebidos na porta pelos diretores e por isso já sentimos confiança em deixarmos nossos filhos nas mãos deles e sabemos que ali seram bem tratados e aprenderam . Raimundo nonato Silva . Pai de aluno.

A escola tem como metas principais trazer os pais para participarem ativamente da vida escolar dos seus filhos e desenvolver nos alunos habilidades e competências que os preparem para assumirem o futuro do nosso município.

E tudo isso tem sido realizado graças ao emprenho do Prefeito plácido Holanda e da Secretária Municipal de Educação Professora Eulália Muniz , que não tem medido esforços para reerguer a educação deste município.

 

 

 

 

 

REPORTAGEM : WILLAME POLICARPO

 

NOTÍCIAS 3

Santa Luzia do Paruá: Polícia flagra 'gato' na rede de energia elétrica na Choperia do Maninho.

O responsável pelo estabelecimento Choperia do Maninho, localizada na Avenida João Moraes de Sousa, ao lado da frutaria do Adriano. Foi constado na manhã desta terça-feira (5), que o estabelecimento, esteve furtando energia elétrica do Conselho Tutelar para o seu estabelecimento, durante toda a Gestão de Fé e Trabalho onde a ex-prefeita não se preocupou em realizar a fiscalização.

O responsável pelo estabelecimento, não estava no local. Além do processo criminal, o responsável pelo estabelecimento ira arcar, conforme a regra da Resolução ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, com a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade e o custo administrativo.

 

 

REPORTAGEM  WILLAME POLICARPO.

NOTÍCIAS 5

Apuração de desvios de verbas públicas será mais rigososa

Com o objetivo de garantir a transparência e controle dos processos relativos às tomadas de contas especiais e a eficiência na cobrança de gestores responsáveis por danos ao erário, a Secretaria de Transparência e Controle do Governo do Estado – STC estabeleceu junto ao Ministério Público de Contas (MPC-TCE/MA) parceria para utilização do Sistema de Cadastro e Informações de Tomada de Contas Especial (Suprema), desenvolvido pela equipe de técnicos da STC.

Por meio do Suprema é feita, de maneira informatizada, a inserção de todos os atos e documentos que instruem uma Tomada de Contas Especial. A informatização do cadastro e do próprio processo de responsabilização por danos causados ao erário facilita a expedição de relatórios gerenciais e a coordenação do cumprimento de prazos previstos para o procedimento.

É possível ainda descobrir, por exemplo, a quantidade de processos de Tomadas de Contas Especiais instaurados, o valor global inscrito como devido ao erário, além do número de Tomadas já enviadas ao Tribunal de Contas do Estado para fins de julgamento.

Em pouco menos de dois anos de funcionamento, o sistema Suprema tem garantido a racionalização administrativa, economizando recursos humanos e permitindo a razoável duração dos processos. Além disso, o sistema viabiliza o acompanhamento da instauração da Tomada de Contas Especial pela Corregedoria-Geral do Estado (COGE/STC), que coordena e monitora os procedimentos para, com isso, buscar o ressarcimento ao erário para reposição do Tesouro Estadual.

“O Suprema, desenvolvido pela equipe da STC, permitiu um salto qualitativo no processo de responsabilização de gestores e particulares quanto aos danos ao erário”, explicou o secretário de Transparência, Rodrigo Lago. “Com esse termo de cooperação firmado hoje, o Ministério Público de Contas terá acesso ao sistema para acompanhar os processos de tomadas de contas remotamente e de forma concomitante”, finalizou.

O procurador do Ministério Público de Contas, Jairo Cavalcanti, destacou a evolução que representa o sistema. “Com o Suprema nós teremos mais possibilidades de verificar as Tomadas de Contas, que visam justamente apurar desvios de recursos”, comentou Cavalcanti. “Esse acesso direto que o Suprema traz é muito importante pela agilidade que dá aos órgãos de controle para visualização do trabalho da Secretaria de Transparência”, completou.

Além do secretário de Transparência, Rodrigo Lago, e do procurador do Ministério Público de Contas do Estado, Jairo Cavalcanti, esteve presente na reunião o secretário adjunto de Apoio Institucional, Pedro Cantanhede.

NOTÍCIAS 7

Presidente Dutra será 1ª cidade do interior a ter base do Centro Tático Aéreo

Resultado de imagem para centro tático aéreo

Central de Notícias

A cidade de Presidente Dutra será a primeira cidade do Maranhão a receber uma base do Centro Tático Aéreo (CTA), o anúncio foi feito nessa segunda-feira (27) pelo governador Flávio Dino.

 

“Com o CTA em Presidente Dutra, vamos prestar dois serviços: atendimento aeromédico e segurança pública”, afirmou. A declaração foi feita durante uma série de entregas e compromissos na cidade e na região.

 

O CTA é um órgão estratégico por desenvolver ações diversificadas na área de segurança. São atividades que exigem treinamentos rígidos e qualificados, com respostas rápidas em locais de acesso restrito.

 

Os operadores do CTA podem, por exemplo, passar dias na mata em busca de traficantes, fazer rapel para resgate e atuar em salvamentos no mar.

 

Em outubro do ano passado, o CTA concluiu o 10° Curso de Operações Aéreas (COA), referência nacional em treinamentos aéreos.

NOTÍCIAS 9

Menor de 17 anos que se prostituía em bar de Santa Luzia do Paruá é resgatada pela PRF no km 150, às margens da BR-316

A ocorrência foi registrada por volta das 20h00 deste domingo (23), quando motoristas que transitavam pelo km 150 da BR-316 informaram os policiais da PRF que uma menor de idade estaria perturbando o trânsito na via, correndo inclusive o risco de ser atropelada.

Após diligências, os policiais rodoviários localizaram a mesma que se encontrava visivelmente embriagada e transtornada. Aos policiais a menor de 17 anos alegou que havia sido surrada por uma mulher e que por conta disse estava tentando pedir socorro aos veículos que passavam na rodovia.

Ao final, a menor fez uma revelação, declarou ser garota de programa e que se prostituía em um bar de Santa Luzia do Paruá onde também afirmou que diversas outras menores de idade eram aliciadas no local. Após a tomada do depoimento e o desejo da mesma em retornar para casa, esta foi levada para Santa Luzia do Paruá e deixada no RodoShopping (terminal rodoviário da cidade) para ser entregue a sua mãe M. V. S.

BLOG DO WILLAME POLICARPO

Acesse o Blog do Willame Policarpo  

blog do willame policarpo

 

 

A Notícia em Primeiro Lugar

TOP 10
Wesley Safadão - Ar Condicionado 15
Ciel Rodrigues - Mil Vidas
Aviões do Forró - De Mãos Atadas
Roberto Carlos e Jennifer Lopez - Chegaste
Paula Mattos - Rosa Amarela
Léo Regis - Sonha Comigo
Gabrielle Aplin - Home - Totalmente Demais Tema de Eliza
Marília Mendonça - Impasse
Maiara e Maraísa - Medo Bobo
Wesley Safadão - Meu Coração deu PT
ENQUETE

O que você achou do nosso site?

VÍDEOS
Neto LX - Gordinho Gostoso
Neto LX - Gordinho Gostoso
Assistir
Katy Perry - Dark Horse  ft. Juicy J
Katy Perry - Dark Horse ft. Juicy J
Assistir
ALBÚNS
Título do álbum
Título do álbum
Detalhes
Título do álbum
Título do álbum
Detalhes
PEDIDOS
NOTÍCIAS 2

Inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos sobe para 2,14%

A taxa é superior ao IPC-C1 de setembro (-0,25%).

BRASÍLIA - O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda até 2,5 salários mínimos, registrou inflação de 0,42% em outubro. As informações foram divulgadas hoje (7), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas.

A taxa é superior ao IPC-C1 de setembro (-0,25%). É também superior ao 0,33% anotado pelo Índice de Preços ao Consumidor–Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda.

Com a variação de outubro, o IPC-C1 acumula taxas de 1,89% no ano e de 2,14% em 12 meses. A taxa em 12 meses ainda é inferior ao IPC-BR no mesmo período (3,16%).

A alta da taxa de setembro para outubro foi puxada por cinco das oito classes de despesas que compõem o índice: habitação (subiu de -0,33% em setembro para 1,06% em outubro), alimentação (-0,77% para 0,31%), saúde e cuidados pessoais (0,03% para 0,21%), comunicação (-0,05% para 0,60%) e despesas diversas (0,27% para 0,49%).

Três grupos de despesas tiveram queda na taxa: transportes (0,18% para -0,20%), vestuário (0,63% para 0,07%) e educação, leitura e recreação (0,37% para -0,08%).

NOTÍCIAS 4

Em Pinheiro, Flávio Dino lidera com 52% contra 25% de Roseana

O instituto Econométrica realizou pesquisa de intenção de votos na cidade de Pinheiro e constatou a liderança folgada do governador Flávio Dino na princesa da Baixada. A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 22 de outubro.
 
Em um cenário com os principais nomes postos até o momento para a disputa, Flávio tem 52,4% das intenções de voto. Roseana aparece com 25,7% e Roberto Rocha 7,8%. Eduardo Braide tem 5,2% e Maura Jorge 0,7%. Outros 6,7% e não sabem ou não opinaram 1,5%.
 
Já em um confronto direto entre Roseana e Flávio Dino, o atual governador vence com 55,8% contra 32,3% da peemdebista. Outros 11,5% votariam nulo e 0,4% não sabem ou não opinaram.
 
Rejeição
 
No quesito rejeição, Roseana é a vencedora. A ex-governadora é a mais rejeitada. 55,8% dos pinheirenses não votam na princesa da oligarquia Sarney. Flávio Dino é rejeitado por 26,4% e Roberto Rocha por 7,1%. Outros 3,3% disseram não votar em Maura Jorge e 2,6% rejeitam Eduardo Braide. Não sabem ou não responderam 4,8%.
 
Reportagem : Willame Policarpo
NOTÍCIAS 6

No Maranhão, transexuais e travestis recorrem ao Judiciário para alterar nome e sexo no registro civil

Para fazer a alteração do prenome e do gênero no registro de nascimento, travestis e  transexuais submetidos ou não à cirurgia de mudança de sexo precisam recorrer à Justiça. No Judiciário maranhense tramitam vários processos dessa natureza e já foram proferidas, inclusive, decisões determinando aos cartórios a alteração no registro civil para uso do nome social por pessoas que ingressaram com o pedido. Na capital, são competentes para análise desses casos a 2ª, 3ª e 8ª Varas Cíveis, que funcionam no Fórum Des. Sarney Costa (Calhau

R.M.M. conseguiu na Justiça a alteração do prenome no registro (assentamento) de nascimento e a mudança do sexo masculino para o feminino. A parte autora alegou ter nascido com corpo fisiológico masculino, mas cresceu e desenvolveu-se como mulher. No pedido, junto à 3ª Vara Cível de São Luís, ressaltou que todos os documentos pessoais foram expedidos com base no registro de nascimento, onde constava a designação sexual masculina, o que lhe causava grandes transtornos, já que não condiziam com sua aparência física.

O juiz que proferiu a sentença, em agosto de 2016, Clésio Coelho Cunha, integrante da Comissão Sentenciante Itinerante, determinou ao cartório de registro civil a alteração no registro de nascimento, para a adoção do nome social (nome pelo qual  transexuais e travestis são chamados cotidianamente, em contraste com o oficialmente registrado, que não reflete sua identidade de gênero). Na decisão, o magistrado afirmou que as provas constantes nos autos e aquelas colhidas em audiência foram suficientes para o julgamento da procedência do pedido.

Para o juiz auxiliar Marcelo Oka, atuando na 3ª Vara Cível da capital, o tema é bastante polêmico e não há no Brasil lei específica que discipline o assunto, ao contrário de países como Argentina e Uruguai que facilitam a alteração de nome e de gênero no registro civil de transexuais. “A jurisprudência já está reconhecendo esse fato e a nossa legislação tende a disciplinar essa situação”, acrescentou, citando casos de tribunais em que esse direito foi garantido, a exemplo do entendimento firmado pela Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ao acolher um pedido de modificação de prenome e de gênero de transexual que apresentou avaliação psicológica pericial para demonstrar identificação social como mulher.

No Maranhão, em processo sob a relatoria do desembargador Antonio Guerreiro Júnior, a 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, em novembro de 2016, reformou decisão da Justiça de 1º grau e julgou procedente pedido de transexual, determinando que o cartório procedesse a alteração do seu prenome e do gênero de masculino para feminino, independentemente da realização de cirurgia de redesignação sexual. A requerente recorreu da sentença de primeira instância, que concedeu parcialmente o pedido para alterar apenas o prenome, não tendo deferido a alteração do gênero em razão de não ter havido cirurgia de transgenitalização.

Já em abril de 2014, o juiz Gustavo Henrique Silva Medeiros, na época auxiliar da 3ª Vara Cível de São Luís, deferiu o pedido de M.T.S.S, determinando a retificação na certidão de nascimento do nome além da mudança de sexo do masculino para o feminino.

DIGNIDADE – Marcelo Oka explicou que a Lei nº 6.015/73 (Lei dos Registros Públicos) disciplina as normas gerais para o registro de nascimento, casamento e óbito, trata dos casos de retificações, restaurações e suprimentos no registro civil, mas não prevê o caso de transexuais e travestis. Ele explica que o nome da pessoa é imutável, de modo que essa alteração somente pode ser deferida em situações excepcionais, especialmente porque a modificação do nome e do gênero acarretará repercussão em toda de vida pregressa e futura dessa pessoa, devendo o magistrado analisar sempre o caso concreto, “visando não apenas à satisfação de interesse pessoal do autor da ação, mas preservando a segurança pública e buscando a efetivação do princípio constitucional da dignidade da pessoa humana”, concluiu o juiz.

O magistrado cita dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, mostrando que houve um aumento de 166% do número de denúncia de homofobia entre 2011 e 2014. “A possibilidade de se alterar o nome da pessoa de um sexo para outro pode contribuir para retirá-la de uma situação de vulnerabilidade; para sua inserção no meio social”, ressaltou.

Defensoria Pública ingressa com ações judiciais

N.S.B. (nome social), 44 anos,  procurou o Núcleo de Defesa da Mulher e da População LGBT, da Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE-MA), em São Luís,  para mudar seu nome e o gênero para feminino. Afirma ser conhecida no meio social e familiar como mulher e se sente constrangida quando tratada por seu nome registral e quando a chamam por “senhor” em locais públicos. Conta, ainda, que desde os sete anos de idade começou a se perceber como menina. Disse ser resolvida com seu corpo, não tendo interesse em fazer a cirurgia de redesignação sexual.

A defensora pública Lindevânia Martins, que propôs a ação judicial, explica que a requerente deseja apenas formalizar uma situação que já vivencia na prática, pois possui aparência de mulher como se vê nas fotos anexadas ao pedido e é conhecida pelo seu nome feminino como mostram os vários documentos apresentados. Segundo a defensora, a permanência de um nome masculino nos documentos pessoais da parte autora faz com que a mesma sofra diversas discriminações e dificuldades nos locais públicos que frequenta, como hospitais, consultórios médicos, lojas e bancos, vendo constantemente exposta a sua vida privada, em razão do prenome masculino, em absoluta desconformidade com sua aparência feminina.

Conforme Lindevânia Martins, procedimento prévio da DPE é encaminhar os requerentes para realização de estudo social e estudo psicológico que serão juntados à petição para fundamentar o pedido na Justiça. Explica que há muitos casos que chegam à Defensoria e que do ano passado até agora somente ela já propôs 11 ações judiciais junto às Varas Cíveis de São Luís e está preparando outras 10 petições com o mesmo objetivo.

A presidente da Associação Maranhense de Travestis e Transexuais, Andressa Sheron Santana Dutra, que também pediu a alteração do seu nome e gênero para o feminino, disse que quase todos os associados e associadas desejam fazer essa mudança também. A entidade tem 100 membros, a maioria do sexo feminino. Ela afirma  que ainda existe uma certa  resistência, especialmente da mídia,  em respeitar a identidade de gênero e o nome social com o qual pessoas trans se identificam. Acrescentou que há muito que se avançar, principalmente em relação às nomenclaturas  usadas para se referir a transexuais e travestis.

DIREITOS – a defensora pública destaca que no pedido de alteração do prenome e gênero a fundamentação fática que utiliza é a questão do preconceito. Segundo ela, essas pessoas sofrem agressões psicológicas e morais, injúrias e xingamentos. “O reconhecimento da identidade trans pela mudança do nome e do gênero traz uma pacificação para essas pessoas que passam também a ser respeitadas pela comunidade e a ter uma vida social sem que isso seja uma fonte de dor e de discriminação”, afirma.

Já a fundamentação jurídica, segundo Lindevânia Martins, é constitucional. “Temos nos amparado na Constituição Federal que estabelece no seu artigo 1º o respeito à dignidade da pessoa humana e, conseguindo a mudança de nome e de gênero, é estar respeitando a nossa Constituição”, garante.

Ela ressalta que também recorre aos tratados internacionais que o Brasil ratificou comprometendo-se a respeitar os direitos humanos, os direitos das pessoas LGBT. Cita, ainda, o Código Civil e a Lei de Registros Públicos, além de outras normas a exemplo, no âmbito estadual, da resolução e parecer do Conselho Estadual de Educação que aprovaram o uso do nome social de travestis e transexuais, acompanhando o nome civil, nos registros internos dos estabelecimentos integrantes do Sistema Estadual de Ensino do Maranhão.

EXIGÊNCIAS – as pessoas que desejam entrar com a ação judicial têm atendimento presencial na DPE. Além de passar por entrevista com psicólogo e assistente social, a parte interessada deve assinar termo de declaração de que não possui recursos financeiros para pagamento de advogado, requerendo por isso o acompanhamento da Defensoria Pública e o benefício da justiça gratuita. Também precisa apresentar documentos exigidos para ingressar com a ação judicial, entre os quais a certidão de nascimento, que é obrigatória, uma vez que a mudança do prenome e do gênero é feita pelo cartório no registro civil da pessoa.

Ao pedido também são anexadas fotos atuais e antigas da parte autora, que mostrem a mudança na aparência física; fotografias e postagens em redes sociais (facebook, instagram, twitter); qualquer documento que prove a utilização do nome social (certificados, diplomas, cartas, e-mails, contas, convites); dados pessoais de três testemunhas (pessoas da família e do trabalho, vizinho, escola) que conheça há algum tempo e que possam contar para o juiz um pouco da história de vida do ou da requerente. Lindevânia Martins orienta os interessados a comparecerem ao atendimento agendado na DPE mesmo que faltem alguns documentos. A Defensoria fica na Rua da Estrela, nº 421, Praia Grande, no Centro Histórico de São Luís.

O que diz a Lei de Registros Públicos

A Lei nº 6.015/73 possibilita alteração no nome do indivíduo, mas o interesse público limita às seguintes hipóteses: nome vexatório, erro gráfico e equívocos registrários, homonímia, pessoas que estão no programa de proteção a vítima e testemunhas e também a substituição por nome em que os portadores são publicamente conhecidos. Para isso, o interessado deve requerer judicialmente, mostrando as razões das alterações ou retificação do nome e, após todo o procedimento fiscalizado inclusive pelo Ministério Público, juiz decidirá. O nome também pode ser mudado em caso de adoção de um menor (Lei 12.010/2009).

Atualmente tramitam em todo o Maranhão 5.484 processos referentes a restauração de registro de nascimento e casamento, registro de óbito tardio e também de retificação e alteração de nome e de sexo. Nas três varas cíveis de São Luís, responsáveis pelo registro civil, são 862 pedidos.

NOTÍCIAS 8

MPMA propõe acordo para evitar promoção pessoal de gestor em Viana

Com base no princípio da impessoalidade da administração pública, o Ministério Público do Maranhão propôs, em 30 de novembro, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), solicitando que o prefeito de Viana, Francisco Gomes (mais conhecido como Chico Gomes), providencie, em 15 dias, a retirada de fotografias de agentes políticos e públicos em órgãos do município

Formulado pelo titular da 1ª Promotoria de Justiça da comarca, Lindemberg do Nascimento Malagueta Vieira, o documento estabelece duas multas por descumprimento. Os valores individuais, de R$ 1 mil diários, devem ser pagos pelo Município e pelo gestor municipal.

Em caso de reincidência, este valor será dobrado e corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Os montantes devem ser transferidos ao Fundo Estaduais de Direitos Difusos.

OBRIGAÇÕES

Pelo TAC, o prefeito Chico Gomes está obrigado a impedir que sejam colocadas fotografias de agentes políticos e agentes públicos nos órgãos da administração de Viana.

A determinação não se aplica às imagens de ex-prefeitos que façam parte do acervo da Casa de Cultura, Museu Histórico Municipal ou outro órgão semelhante. Outra exceção refere-se às imagens expostas na galeria de ex-prefeitos do município.

A desobediência às cláusulas do Termo de Ajustamento de Conduta também implica a tomada de medidas judiciais cabíveis.

NOTÍCIAS 10

Motoristas de táxis e de lotação se unem para acabar com o Uber em São Luís

O Uber, que recentemente chegou a São Luís, tem tirado o sossego de motoristas de táxis de lotação que circulam pela capital maranhense.

É que o aplicativo disponível para celulares que conecta motorista a passageiros, oferece um serviço de transporte similar ao táxi, porém com a flexibilidade de funcionar online através do celular contando com várias vantagens, principalmente com preços bem mais acessíveis, o que fez com que a procura pelos serviços de taxistas diminuísse.

Por esta razão, motoristas realizam na manhã desta terça-feira (25), um protesto contra a regularização dos serviços do Uber. De acordo com o presidente do Sindicato dos Taxistas do Maranhão, Ricardo Medeiros, a manifestação terá início no bairro Cohab e percorrerá por outros em carreata até a Câmara de Vereadores de São Luís.

Os motoristas de carros de lotação, que ainda não têm serviços regularizados, também lutam para acabar com o Uber.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Casal é encontrado morto com mãos e pés amarrados dentro... Casal é encontrado morto com mãos e pés amarrados dentro...
Ler mais . . .
Guarnição da polícia de Santa Luzia do Paruá realiza devolução... Guarnição da polícia de Santa Luzia do Paruá realiza devolução...
Ler mais . . .
Ciro e Cid Gomes são a tentativa de PDT e... Ciro e Cid Gomes são a tentativa de PDT e...
Ler mais . . .
Saúde do MA recebe novo repasse de quase R$ 2... Saúde do MA recebe novo repasse de quase R$ 2...
Ler mais . . .
Moto e carro chocam-se na BR 316 em Santa Luzia... Moto e carro chocam-se na BR 316 em Santa Luzia...
Ler mais . . .
FACEBOOK
PROMOÇÕES

OPS ! Desculpe, ainda não cadastramos nenhuma promoção

TEMPO
Eventos

OPS ! Desculpe, ainda não cadastramos nenhum evento

AGORA

Desculpe, Ainda não temos programas cadastrados